Conteúdo

Por Raul Lopes, em MÚSICA

Tagore - Pineal

08 de Fevereiro de 2017 às 03:10

Tagore - Pineal

Acredito que o exercício comparativo que se inicia com com a expressão: "Isso lembra..." trata-se de um verdadeiro desfavor ao leitor, um menosprezo à sua prévia capacidade cognitiva.O "Isso lembra ..." remete a uma relação associativa que possui como paradigma o parco conhecimento do narrador. O objeto a ser comentado fica atrelado a esse conhecimento, que invariavelmente desvirtua a obra estudada.No entanto, essa teoria não se aplica quando, declaradamente, o autor se assume fortemente

Leia mais

Por Márcio Barros, em OPINIÃO

O Poeta do espanto

03 de Fevereiro de 2017 às 03:50

O Poeta do espanto

Certa vez Ferreira Gullar foi abordado por alguém que o perguntou se ele era o famoso Poeta, ao que respondeu: “Às vezes”. A estória era contada por Gullar para ilustrar seu “conceito” de que ser poeta é um estado, não um ofício. Nesse ponto, aliás, o maranhense discordava de João Cabral de Melo Neto, para o qual o poema tinha que ser construído, talhado em pedra, artesanalmente. Trabalhado palavra por palavra. Para Gullar, o poema nasce do arrebatamento, da apreensão de um momento de maneira

Leia mais